abr/2015

02

IV EXPOSIÇÃO ARTE É VIVER – DIVERSIDADE – 2015

IV EXPOSIÇÃO ARTE É VIVER – DIVERSIDADE – 2015

Diversidade 2015

De 02 a 30 de Abril, em comemoração ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo

Realização: Projeto Arte é Viver

Desenhos, Pintura e Ilustrações produzidos por artistas autodidatas.

“É preciso que tenhamos o direito de ser diferentes quando a igualdade nos descaracteriza, e o direito de ser iguais quando a diferença nos inferioriza.”

(Boaventura Santos)

Abertura: 02 de Abril de 2015, a partir das 15h00

Local: Rua Formosa, 99 – Anhangabaú – São Paulo/SP

Horário para visitação: 08h00 às 17h00

Parceiros: Sec. de Inclusão PcD – MPA – BEG e FESPcD-SP

Apoio:

Secretaria de Inclusão PcD – AMA, Autismo e Realidade, ABADS, Centro Pró Autista, MPA, ABRAÇA, MOAB, LACE, KASULO, Equipe Novo Olhar, BEG, GRAPHIS, Alma de Batera, Pedal Voluntário.

CMPD SMPED

O projeto Arte é Viver tem como finalidade buscar espaço para promover no contexto social e educativo, a IV Exposição Arte é Viver Diversidade. Todos os trabalhos expostos são cópias impressas dos trabalhos originais.

Jovens artistas expressam suas habilidades artísticas com muita criatividade nos desenhos, ilustrações desenvolvidas com lápis ou caneta sobre papel e recursos digitais – nas pinturas óleo e guache sobre tela, revela-se verdadeiros artistas autodidatas.

ALLAN COELHO

(Allan César Antunes Coelho, 19 anos).

Começou pintar no início do ano 2014, e aos poucos, timidamente vem adquirindo o gosto pela pintura, conforme relatou sua mãe. Nunca fez curso, mas as formas e contrastes das cores em seus trabalhos se completam. Utiliza tinta para tecido para pintar suas telas.

DUDI

(Eduardo Ho, 23 anos).

Desenvolve sua arte a partir da observação de desenhos animados, histórias em quadrinhos e mangás, reproduzindo seus personagens preferidos de maneira lúdica e precisa. Seus desenhos foram feitos com caneta e lápis sobre papel. Atualmente está se aventurando na arte digital e na criação de seus próprios personagens.

FERNANDA SAZUKI

(Fernanda R. N. Santana, 22 anos).

Revela toda sua criatividade na riqueza de detalhes, utilizando caneta e lápis sobre papel e pintura a óleo ou guache sobre tela. Produz sua arte com temas transculturais, variando as cores e estilização a partir da observação de animais mitológicos num contexto contemporâneo. A arte digital é um de seus processos preferidos.

LEONARDO GIMENES

(Leonardo Gimenes C. de Andrade, 15 anos).

No seu trabalho artístico, já despontam traços firmes e precisos, para reproduzir todas as emoções observadas nas cenas de filmes e desenhos animados. Nos desenhos utiliza caneta e lápis sobre papel.

MARCELA SILVA

(Marcela Meira da Silva, 09 anos).

Nos desenhos utiliza caneta sobre papel, tendo como referência seus personagens preferidos vistos nos desenhos animados. O brilho das cores nos remete a diferentes emoções. Segundo, a mãe de Marcela, enquanto desenha, expressa os sentimentos dela e, os sentimentos das pessoas em sua volta.

Diversidade 2015

Clique para aumentar

faça uma doação